quinta-feira, 3 de novembro de 2016

A coisa tá feia...

Apanhou de quem, mesmo?
Na rua Pinheiro Rocha - Centro, uma mulher disse ter sido agredida pelo seu companheiro, só que o filho do casal garante que sua mãe havia sido agredida por outro namorado. Ela ficou braba e desacatou a Guarnição chamando de ladrão, corruptos e filhos da (BIP)... Como ela tava nervosa, os policiais tiveram que usar as algemas para acalmá-la.

Foi separar a briga  e apanhou junto...
Na Avenida Farroupilha - Bairro Italiano, uma mulher foi agredida pela irmã, com socos e puxões de cabelo. Uma amiga tentou ajudar e também levou uns para-te-quieto, resultando de uma lesão nas costas. A  valentona não foi localizada.

Procurado para morrer...
Compareceu no Pelotão da Brigada Militar um cidadão, o qual efetuou registro de ocorrência Policial, relatando que  um indivíduo esteve na casa de seus amigos lhe procurando e disse que iria matá-lo.

Pedreiro atirador...
Foi efetuado registro de ocorrência policial em que foi vítima de ameaça N.E.V.S, onde um pedreiro conhecido dele, disse que iria lhe dar um tiro na testa.

Casal ameaçado de morte...
Na Rua 13 de janeiro – Centro, um casal de namorados foram vítimas de ameaça  de morte por dois indivíduos. Eles identificaram os ameaçadores e entregaram o caso para Polícia.

Má(drasta) malvada...

Uma Guarnição da Brigada Militar deslocou até a Rua 15 de Novembro - Bairro Mandarino, onde uma enteada disse que tomou uns tapas e puxões de cabelo da sua madrasta. Diante ao ocorrido foi efetuado o registro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...