sexta-feira, 11 de março de 2016

Descoberto animal que viveu a mais de 250 milhões de anos em São Chico...

Paleontólogos descobriram um fóssil excepcionalmente bem-conservado do crânio de um réptil primitivo nunca antes descrito que viveu há 250 milhões de anos em São Chico. A nova espécie recebeu o nome de inspiração indígena Teyujagua paradoxa. Na língua guarani, Teyujagua significa “réptil feroz”.
De acordo com o paleontólogo Felipe L. Pinheiro, professor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), a espécie tem características intermediárias entre os répteis primitivos e o grupo dos arcossauriformes, do qual fazem parte os dinossauros e os pterossauros, além das aves e jacarés atuais. O achado, portanto, traz informações importantes sobre início da evolução desse grupo. O crânio foi descoberto no começo de 2015 durante trabalho de campo na formação geológica Sanga do Cabral, em São Francisco de Assis-RS. Segundo Pinheiro, essa formação já era conhecida por ter fósseis, mas os que tinham sido encontrados até então eram pequenos e fragmentados. fonte GLOBO.

6 comentários:

  1. Animal seria se ele estivesse vivo, troca pra nao ficar feio
    É FÓSSIL! Pseudo jornalistinha de meia tigela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa xingar desse jeito

      Excluir
  2. Só pra se ligar kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Parabéns aos descobridores e o que ainda me dá dó é ver um comentário ignorante de PSEUDO HUMANO xingando o jornalista. Pelo visto educação não se teve!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que bacana cara. Achei top. O interessante que o ponto principal da noticia nao foi a descoberta mas sim como ele foi descrito na mesma. Sera que eu to enganado ou a vontade de comer merda inibe o foco?

    ResponderExcluir
  5. Precisa melhorar seu português Jeremias Oliveira.

    ResponderExcluir

Poderá gostar também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...