sexta-feira, 4 de março de 2016

Assisense dirige peça teatral em cartaz na Capital...

ESTREIA TEATRAL DISCUTE A LOUCURA E A NORMALIDADE

A mulher que planeja uma vingança enquanto ouve calada o seu marido dizer que irá partir. O homem que se livra de antigos fantasmas durante uma estranha sessão de terapia. O encontro possível, mas quase improvável, desses dois personagens na sala de espera do consultório psiquiátrico. Os limites entre normalidade e loucura são o tema de QUANDO VI, MINHA VIDA NÃO EXISTIA, peça teatral que estréia em Porto Alegre após apresentações no interior do Estado.
Com direção de Antônio Carlos Brunet, o espetáculo tem a atuação de Stella Bento, dividindo a cena com Juliano Canal, recentemente indicado ao Prêmio Açorianos de Teatro nas categorias Ator e Dramaturgia.
O texto, de autoria do escritor Robertson Frizero, marca a estréia do autor no circuito teatral porto-alegrense.

O QUE:
Espetáculo teatral “Quando vi, minha vida não  existia”
QUANDO:
De 10 a 13 de março de 2016, às 20h
ONDE:

Sala Álvaro Moreyra – Centro Municipal de Cultura - Porto Alegre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...